ABC Cerrado: Projeto do agro da BA é aprovado na ONU

O projeto ABC Cerrado, desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), com apoio da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia, obteve o reconhecimento de sua eficiência pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Diante do posicionamento mais austero de autoridades federais em relação a desmatamento e emissão de gases de efeito estufa, o projeto posiciona-se como um bom exemplo no desempenho do agro brasileiro no quesito sustentabilidade.

Um artigo elaborado pelo Senar foi um dos 66 estudos escolhidos para compor o acervo de casos de articulação de políticas públicas e privadas com potencial para alavancar investimentos, redução das desigualdades e promoção de bem-estar social.

– É uma resposta à comunidade internacional, pois mostramos que o nosso agro é sustentável – disse Cristiane Camboim, uma das autoras da publicação.

Capacitação – O ABC Cerrado capacitou perto de oito mil produtores rurais do bioma em quatro tecnologias de baixa emissão de carbono, com foco na redução das emissões de gases de efeito estufa.

Segundo maior bioma de todo o continente sul-americano, abrangendo 22% do território brasileiro, o cerrado é também um dos mais ameaçados pelo incentivo à grilagem de terras e ocupação ilegal por grupos clandestinos sem temor da força policial.

Os dois milhões de quilômetros quadrados do cerrado incluem 15 estados brasileiros, entre os quais a Bahia, onde destaca-se a biodiversidade da fauna e da flora, em meio à cobiça por grandes pastagens e monoculturas de grãos e oleaginosas.

 

Fonte: Jornal A Tarde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here