Aos trancos e barrancos, reabertura da economia avança no Brasil

Distrito Federal, Salvador e Rio de Janeiro criam regras de funcionamento para diversos serviços.

Uma nova etapa da reabertura da economia avança em cidades e regiões brasileiras nesta quarta-feira (03), um dia após o país ultrapassar a marca de 30 mil mortes pelo novo coronavírus.

No Distrito Federal, parques e igrejas de grande porte poderão voltar a funcionar para esportes com base em um decreto do governador Ibaneis Rocha. O Parque da Cidade, o maior do estado, ainda não entra nessa fase.

Equipamentos de ginástica, bebedouros e banheiros seguem interditados, assim como restaurantes e outros estabelecimentos comerciais e áreas internas destinadas a atividades coletivas. Máscaras e distanciamento social serão obrigatórios.

No caso das igrejas, a reabertura vale só para aquelas onde há capacidade para mais de 200 pessoas, mas com exigência de fileiras alternadas, cadeiras demarcadas e garantia de distanciamento entre os fiéis. Não poderão entrar aqueles maiores de 60 anos, menores de 12 ou que estão no grupo de risco, e a temperatura deve ser tirada na entrada para barrar quem tiver febre.

Em Salvador, na Bahia, a lista de serviços essenciais, e que portanto podem abrir, também cresce nesta quarta-feira. Entram nesta fase concessionárias, lavanderias, comércios de arquitetura, decoração, elétricos e ferragens; clínicas de atendimento eletivo e construção civil em imóveis ocupados.

“Autorizamos a inclusão de algumas atividades, permitindo o funcionamento. Tivemos segurança, conforto e capacidade, com protocolos, de autorizar. Outras, que mantivemos suspensas, não há a segurança necessária para permitir. Se conseguimos melhorar as taxas, ter fôlego nos leitos, vamos retomar outras atividades”, disse o prefeito da cidade, ACM Neto.

Ontem, no primeiro dia da reabertura gradual do Rio de Janeiro, a praia e o calçadão já atraíram muita gente, ainda que com restrições. No estado de São Paulo, o dia foi de recorde de mortes, ao mesmo tempo em que avança a reabertura de forma gradual, regional e setorial. Se o movimento é precoce ou responsável, é algo que as próximas semanas vão mostrar.

 

Fonte: Revista Exame

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here