Arrocho do Guedes pode liberar R$ 7 bilhões em emendas parlamentares

0
91

É a “moeda de troca” das negociações com o Congresso…

O amigo navegante sabe que o pacote de medidas econômicas apresentado pelo Governo Federal nesta quarta-feira 6/XI é, na verdade, um “pacote de arrocho” do ministro (sic) da Economia (sic) Paulo Guedes.

Se forem aprovadas no Congresso, as medidas podem cortar até 25% dos salários dos servidores públicos, extinguir milhares de municípios deficitários, acabar com despesas obrigatórios em áreas como educação e saúde e até suspender o aumento do salário mínimo.

O pacote também prevê a extinção de fundos públicos, como o FAT, Fundo de Amparo ao Trabalhador – e utilizar esse dinheiro, que deveria bancar o seguro-desemprego dos brasileiros, para pagar a dívida trilionária do governo e fazer a alegria dos banqueiros!

Mas tem mais uma categoria que irá ganhar com o pacotão.

A proposta de arrocho do Guedes, esse arauto do neolibelismo, determina que 25% de toda a economia obtida em dois anos com os cortes nas despesas vá para as emendas parlamentares.

Segundo reportagem da Fel-lha, trata-se de um valor estimado em R$ 7 bilhões.

Explica-se: As emendas parlamentares são uma das principais moedas de troca do Governo Federal para garantir a aprovação de projetos polêmicos. Para aprovar a Reforma da Previdência, por exemplo, o governo liberou R$ 1 bilhão em emendas…

 

Fonte: Blog Conversa AFiada

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here