Biden virou na Geórgia e fica mais próximo da Casa Branca

Joe Biden

eleição presidencial nos Estados Unidos foi realizada oficialmente na terça-feira, 3, mas os votos ainda estão sendo contados.

Para ser eleito, um dos dois candidatos precisa alcançar 270 votos no colégio eleitoral. Até agora, Joe Biden tem 253 votos, enquanto Donald Trump tem 214 votos (ou 217 se incluído o Aslaska, que deve ficar com o presidente).

Biden assume a liderança na Pensilvânia – O candidato democrata Joe Biden assumiu a liderança na Pensilvânia sobre o presidente Donald Trump. Biden tem 5.587 votos de vantagem. Trump não pode ser reeleito se não ganhar os 20 delegados da Pensilvânia, não importa quantos estados ele ganhe.

Trump questiona votação na Pensilvânia – Na linha de seu discurso ontem na Casa Branca, o presidente voltou a dizer no Twitter ao longo da madrugada que ganharia caso fossem contados somente os votos “legais”.

Ao falar sobre a Pensilvânia, Trump disse que seus observadores foram negados acesso aos locais de contagem. Segundo a imprensa americana que estava no local, os observadores foram solicitados a observar de longe por causa da pandemia. Ainda assim, a Justiça reverteu essa decisão e concedeu acesso mais de perto aos observadores. Trump pede que “votos aceitos neste período” sejam considerados ilegais.

Como tem feito nos últimos dias, o Twitter voltou a marcar a publicação com “podendo ter informações incorretas”.

Os detentores dos direitos autorais do hit “YMCA”, do Village People, vão registrar uma denúncia na França e nos Estados Unidos pelo uso não autorizado da música na campanha presidencial de Donald Trump, segundo anunciaram seus advogados nesta quinta-feira.

Pensilvânia nos holofotes – Além da Geórgia, outro estado a ser observado nesta manhã é a Pensilvânia (que tem 20 votos no colégio eleitoral, um dos estados com mais votos). A liderança de Trump caiu nesta madrugada para cerca de 17.000 votos, com 95% das urnas apuradas.

Os 54.000 votos restantes devem vir sobretudo da região da Filadélfia, uma das maiores cidades do estado, onde Biden tem tido vantagem. As autoridades da Filadélfia afirmaram que uma nova atualização de votos deve ser divulgada nesta manhã.

Se vencer na Filadélfia, o presidente Donald Trump continua na disputa a depender do resultado dos outros estados; se Joe Biden vencer, ele chega a 273 votos no colégio eleitoral e oficializa a vitória.

Biden aumenta liderança na Geórgia – Após virar no começo do dia, o democrata Joe Biden ampliou sua liderança na Geórgia de 917 para 1.096 votos, por volta das 8h40 (horário de Brasília). Os votos vieram de nova leva de Clayton County, o mesmo condado que divulgou os números mais cedo, na região metropolitana de Atlanta.

Ao todo, Biden tem 2.449.580 votos, contra 2.448.484 de Trump, com 99% dos votos apurados. A campanha do presidente espera voltar à liderança com uma leva de votos de militares vinda do exterior, que ainda está para ser contada. Já Biden aposta nas regiões urbanas para garantir a vitória, mas a margem deve ser apertada para ambos os lados.

 

Fonte: Revista Exame

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here