Bolsonaro e Guedes preparam arrocho fiscal com cortes de até R$ 20 bi

Jair Bolsonaro e Paulo Guedes

O governo Bolsonaro prepara para 2021 um arrocho fiscal com cortes de até R$ 20 bilhões na despesa pública. Prisioneiros dos dogmas neoliberais, o Palácio do Planalto e o Ministério da Economia têm como prioridade cumprir o teto de gastos.

Prisioneiro de uma visão fiscalista e neoliberal,o ministro da Economia, Paulo Guedes pretende manter o teto de gastos como principal âncora fiscal do país.

Reportagem de Thiago Resende na Folha de S.Paulo indica que o ministro Paulo Guedes garante que o teto de gastos será cumprido. Para ele, se essa regra for flexibilizada, haverá fuga de investidores, comprometendo a retomada da economia.

Por isso, técnicos do Ministério da Economia analisam a proposta de Orçamento do próximo ano para remanejar despesas e discutir de quais áreas precisará tirar verba para acomodar o aumento de despesas obrigatórias, como aposentadorias e benefícios sociais.

Para isso, o governo precisará garantir um bom diálogo com o Congresso Nacional . Devido às disputas políticas, o Legislativo ainda não votou o Orçamento de 2021. A previsão é que o projeto seja analisado em fevereiro, após a eleição dos novos presidentes da Câmara e do Senado.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here