Bruno Chaves – Presidente do diretório do PDT em Alagoinhas

0
141

Na edição nº 27, Junho 2019, tive o prazer de entrevistar dois jovens políticos que assumiram cargo importante em seus partidos na cidade de Alagoinhas: Luma Menezes, é a presidente do Avante e Bruno Chaves, do PDT. Ser jovem, por si só, não é um critério de valor, mas sempre é uma esperança de um outro olhar, de uma renovação nas ideias e propósitos, daí o meu interesse em conhecer, e dar a conhecer aos leitores, um pouco desses dois políticos. A entrevista de Luma está em outro post.

Quem é Bruno Chaves?
“Tenho 31 anos, filho de alagoinhense, nasci em Santo André (SP), cheguei aqui aos 11 anos,
mas depois retornei a São Paulo para fazer o curso de Técnico em Automação no Senai. Sou
proprietário de uma empresa que presta serviços a indústrias locais, não só em Alagoinhas,
mas em várias outras cidades do país. Atualmente sou graduando em Engenharia Ambiental
e Sanitária (UNEB).”

Quando surgiu o interesse pela política?
“Sempre fui político, sempre acompanhei de perto, mas sem partido. Criei uma página no
Facebook que se constituiu em um grupo de discussão muito interessante. Aí eu percebi a
necessidade do cidadão se organizar, seja em associações, grupos ou partidos para poder
participar da política. Em 2014 me casei e me tornei pai e acredito que foi isso que me
impulsionou para uma participação mais efetiva na política com o objetivo de transformar a
sociedade. Daí comecei a estudar diversas siglas partidárias e me senti mais identificado com
PDT, inclusive fui um dos articuladores da candidatura de Ciro Gomes em boa parte do Estado da Bahia. Em 20 de julho de 2018 assumi a presidência do diretório local do PDT. Sobre o fato do PDT ter sido o partido de Paulo César, considero como um problema que quase todos os partidos de esquerda e direita sofrem em relação a cidades do interior, as decisões são muito pragmáticas, não tem tanto a ver com a identidade do político com o programa do partido.”

O que mudou ao passar de cidadão político para presidente de um partido?
“Estar presidente do PDT Alagoinhas é um desafio muito grande mas muito estimulante, porque estamos conseguindo resgatar pessoas, sobretudo jovens, que estavam desinteressados da política, novas lideranças e outros que já estavam na estrada, para construir coletivamente um futuro sustentável para a cidade, não só do ponto de vista ambiental, mas também social e econômico.”

2020 já está na pauta diária da política local, como PDT vai se posicionar nessa disputa?
“Nosso primeiro objetivo é consolidar o partido, estabelecer nosso programa. Nós criamos o
PDT itinerante e estamos rodando o município, na sede e na zona rural, levando nossa
proposta. No dia 2 de julho temos como meta fazer uma divulgação dos cinco eixos do partido: saneamento e saúde, educação e cultura, segurança pública, economia e mobilidade. O partido hoje tem uma mescla na sua composição de pessoas que tinham interesse político, mas não estavam em quadro partidário e outros que já estavam mas que se identificam hoje com a nossa proposta.”

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here