Câmara Municipal teve, ontem, uma sessão bem animada.

A sessão ordinária realizada na última terça-feira (25) teve como destaque a aprovação do Projeto de Lei que dispõe sobre a criação do Conselho Municipal de Turismo – COMTUR. Enviado pelo Poder Executivo para apreciação dos parlamentares, a proposta visa atender uma exigência do Ministério do Turismo para permitir o ingresso do município no “Mapa do Turismo”, assim como tornar a cidade de Alagoinhas apta para a realização de convênios e de eventos turísticos.

A vice-prefeita e secretária de Cultura, Esporte e Turismo, professora Iraci Gama esteve presente no plenário e comemorou a aprovação com entusiasmo. O  Conselho será constituido por quatro representantes indicados pelo Prefeito e cinco representantes de instituições relacionadas ao trade turístico.

Moção de louvor à Natural Gurt

O vereador Luciano Sérgio apresentou uma moção de louvor e aplausos à empresa Natural Gurt, por ser a líder na produção de laticínios em todo território da Bahia, segundo pesquisa feita pela ABASE – Associação Baiana de Supermercado.

Projeto de alteração do Regimento Interno da Câmara

Na oportunidade, foi colocado para apreciação um projeto de resolução de autoria da mesa diretora que deverá ser submetido à aprovação na próxima sessão: a proposta altera o artigo 54, seção II, da resolução nº 264/03 – Regimento Interno da Câmara Municipal de Alagoinhas, que passará a ter a seguinte redação caso seja aprovada: “As sessões ordinárias serão realizadas as terças e quintas-feiras, das 15h às 19h”.

Dia Internacional da Mulher Negra

Durante a sessão, vereadores parabenizaram as mulheres negras pela celebração no dia 25 de julho do Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha e pelo Dia Nacional de Tereza de Benguela, líder quilombola que se tornou rainha, resistindo bravamente à escravidão por duas décadas.

Aterro Sanitário

Ao final da sessão, o líder do governo trouxe, em slides, uma proposta de solução para o aterro sanitário de Alagoinhas, apontando medidas emergenciais e discorrendo sobre uma visita realizada à cidade de Feira de Santana, com o Prefeito Joaquim, Secretários e o vereador Luciano Almeida. O grupo teve a oportunidade de conhecer o sistema de coleta, transporte e destinação final dos resíduos sólidos gerados pela cidade, assim como o trabalho da empresa responsável. Na apresentação, entre outras propostas, estava a de transportar o lixo para Feira de Santana.

Sobre isso, o vereador Luciano Sérgio assim se  manifestou: “Eu quero dizer que eu discordo com veemência de qualquer possibilidade de fazer transporte de lixo para Feira de Santana. Isso é uma vergonha, um absurdo! Eu não aceito ser quintal nem de Salvador nem de Feira de Santana”.

O vereador Luciano Almeida esclareceu que o governo está estudando e buscando alternativas para solucionar o problema, e que a ideia da empresa de Feira de Santana é apenas uma possibilidade: “O aterro precisa ser interditado, ou é preciso fazer uma intervenção. É isso que está sendo estudado e os técnicos estão vindo…não tem nenhum martelo batido ainda”.

O vereador Pastor Lins, opinou:  “Eu não vejo isso aí como uma saída, isso aí é trocar seis por meia dúzia! Eu vejo que a saída é buscar outra alternativa…”, afirmando ainda, anteriormente: “O que nós vamos apresentar aqui, eu e o vereador Thor, com certeza é a solução para o aterro de Alagoinhas.”

Vale lembrar que o substituto de Harnoldo Azi na SESEP, durante 9 meses no governo passado, e que é considerado por muitos como grande responsável pelos problemas existentes  no aterro, foi uma indicação do Pastor Lins.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here