Silas Malafaia pede desculpas a Rui Costa após divulgar que ele demitiu médica bolsonarista

"Eu quero aqui pedir desculpas ao governador da Bahia, retirar minha palavra, porque eu sou homem pra reconhecer quando erro e é obrigação de quando alguém erra pedir desculpa. Quando você transmite alguma coisa errada negativa, mentirosa, caluniosa, de difamação em rede social ou você retira e conserta ou você pode ser processado. Não precisa de inquérito de fake news", argumenta.

Seguindo sugestão do Comitê Científico do Consórcio Nordeste, o prefeito de Alagoinhas suspendeu o...

A Perspectiva de lockdown afastada, de acordo com a gestão municipal, seguindo as orientações do Comitê Científico do Consórcio Nordeste que sugeriu a estratégia...

A mistura de Covid-19 com perda de arrecadação e campanha eleitoral são os ingredientes...

A mistura de Covid-19 com perda de arrecadação e campanha eleitoral são os ingredientes de uma bomba que vai estourar em nosso colo. Percebe-se que...

Caderno da esposa de Queiroz é encontrado pela polícia

Conforme Estadão, a agenda de Márcia mostra que havia também outros contatos junto com orientações que teriam sido passadas a ela por Queiroz. A reportagem explica que não há data, mas informações indicam que teriam sido anotadas após as eleições de 2018, uma vez que havia nomes e cargos de políticos que foram eleitos pela primeira vez naquele ano.

José Serra é denunciado por lavagem de dinheiro

Conforme a denúncia da força-tarefa Lava Jato de São Paulo, entre 2006 e 2007, José Serra valeu-se de seu cargo de governador para receber, da Odebrecht, pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados às obras do Rodoanel Sul.

Exército faz consulta de 6 dias de ação que pode flexibilizar controle de arma

A ação do MPF pedindo o restabelecimento das normas antigas convenceu o Exército a elaborar uma nova norma para o controle de armas, conduzida pelo general Alexandre de Almeida Porto, recém-empossado novo diretor de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército. Assim, a consulta pública foi feita para trazer o argumento de que a sociedade civil foi ouvida no processo de elaboração da regra.

Ministro Celso de Melo prorrogou inquérito que apura interferência de Bolsonaro na Polícia Federal

O decano do STF esclarece que a nova concessão atende o pedido da PF para a realização de diligências ainda pendentes – uma delas é o depoimento de Bolsonaro no caso. A solicitação de oitiva será apreciada pelo decano após manifestação do procurador-geral da República, Augusto Aras.

Aprovada em dois turnos a PEC que prorroga as eleições 2020

A Câmara Federal aprovou em dois turnos a PEC que prorroga as eleições 2020 estabelecendo o primeiro turno em 15 de novembro e o...

Fabrício Queiroz diz que não quer fazer delação

A informação foi publicada nesta segunda-feira no jornal Folha de S.Paulo pela jornalista Mônica Bergamo. O advogado de Fabrício Queiroz, Paulo Catta Preta, que se diz contrário a acordos de delação premiada, informou que se seu cliente fosse delatar, ele sairia do caso.  O defensor diz também que não acredita em uma conversa direta de Queiroz com policiais ou procuradores sem o seu conhecimento. 

Reprovação de Bolsonaro é alta mesmo entre os que recebem auxílio emergencial

Também por pressão social e articulação política no Congresso Nacional pelos partidos oposicionistas, o  governo anunciou nesta terça-feira (30) a prorrogação do auxílio emergencial por mais dois meses, mantendo o valor de R$ 600 mensais.