Centrão a Bolsonaro: Se invadirem STF e Senado, impeachment sai da gaveta

Uma fonte revelou ainda ao DCM que o recado foi dado com o crivo de Arthur Lira, presidente da Câmara

O Centrão mandou um claro recado para o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido): Os partidos não apoiarão uma ruptura democrática. As siglas que compõem o grupo afirmaram que, se houver invasões no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Senado, o impeachment sai da gaveta.

De acordo com reportagem de Naian Lopes, no DCM, a decisão é praticamente unânime. Uma fonte revelou ainda que o recado foi dado com o crivo de Arthur Lira, presidente da Câmara. Ele vem levando tudo a banho maria, mas deixou claro que reagirá a altura se houver invasões.

Quem levou o recado a Bolsonaro foi Ciro Nogueira. O ministro da Casa Civil explicou a Bolsonaro que ele irá perder a guerra de braço se tentar dar um golpe. O próprio Ciro explicou que o Congresso não o apoiará, o STF muito menos e, sem apoio popular, a situação sairá do controle.

Bolsonaro, no entanto, não está preocupado. Para ele, se houver apoio maciço, ele consegue desenrolar uma ação incontrolável e não haverá muito o que fazer. Mesmo assim, o presidente jurou de pés juntos que não pretende dar um golpe e não apoia nenhum tipo de invasão.

Fonte: Revista Fórum

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here