Cidades da Europa enfrentam problema habitacional e recorrem a containers

0
96

Londres e Barcelona enfrentam problema com alta no preço dos aluguéis, em decorrência  da falta de oferta de imóveis e buscam, em soluções alternativas, o enfrentamento da situação. A prefeitura de Barcelona entregará, depois do Natal, 12 moradias em um bloco de apartamentos construído com containers, no bairro Gòtic de Barcelona. Esses apartamentos têm um ou dois quartos, cozinha e sanitário e já há previsão para 2020 de nova licitação a fim construir mais um bloco, com as mesmas características, em Sant Martí. Também na rua Bolívia , em Poblenou, há previsão de um edificio com 42 apartamentos, 35 serão de dois dormitórios e sete de um só. Terá lavanderia compartilhada, uma horta e a cobertura será verde.

O tempo de construção gira em torno de quatro meses, com o custo total de cada moradia aproximadamente de  78.000€. Esse primeiro bloco está em pleno centro da cidade e os beneficiados poderão viver ali por dois a cinco anos.

El Piso Por Dentro

Juntamente com as micro casas e com o uso de materiais incomuns os containers estão se tornando populares.

No Reino Unido, o  governo utilizou  containers para alojar famílias migrantes ou sem recursos. Mais precários que os de Barcelona, são pequenos e quentes, porém muito mais baratos (menos de 40.000€ cada um).  O projeto de Barcelona recebeu críticas pelo preço considerado muito alto para moradia temporária.  Mas já existem sites de compra e venda de containers a partir de 5000€ e Amazon já se dispõe a enviá-los por 30.000€. Em geral são usados em projetos experimentais de arquitetura.

No Brasil o uso de containers é individual. Seja por questões financeiras, seja por questão de prazo, ou mesmo por inovação arquitetônica, são decisões particulares, não há nenhum projeto social nesse sentido. Muitas vezes, os contêineres chegam às obras parcialmente adaptados, com aberturas recortadas, molduras soldadas e instalações ttécnicas embutidas.  A construção pode pode durar cerca de três meses e não necessita de aprovação do projeto para obtenção de um alvará de construção. O custo vai de 4.385€ a 6.578€, com revestimento.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here