Coronavírus: Palácio de Buckingham acende alerta após funcionário da família real testar positivo

Depois que um funcionário, ainda não identificado, do palácio de Buckingham foi diagnosticado com o novo coronavírus, a família real está em alerta, de acordo com o jornal inglês “The Sun”. A preocupação é ainda maior, pois a rainha Elizabeth estava no local quando a pessoa foi infectada.

Com 93 anos, a rainha está no grupo de risco considerado mais vulnerável ao vírus. Por conta do surto no Reino Unido, a monarca está no castelo de Windsor com seu marido, o príncipe Philip, de 86 anos.

“O Palácio tem 500 funcionários, portanto, como em qualquer local de trabalho, não é inconcebível que fosse afetado em algum estágio”, mencionou a fonte ao jornal.

Até o momento, todos os funcionários que estiveram com o colaborador infectado foram colocados de quarentena. No entanto, não é possível saber o quanto a pessoa infectada esteve em contato com a rainha.

Conforme divulgada pela revista “Taltler”, em entrevista, Anna Hemming, da Clínica Cranley, revelou que cuidados diários estão sendo tomados , principalmente quanto a rainha Elizabeth e o príncipe Philip. Hemming atuou por sete anos como médica da família real.

 

Fonte: Revista ISTOÉ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here