Cúpula do grande capital monopolista e financeiro, ativa no golpe contra Dilma, volta às ruas em ato do MBL

Foto reprodução

Representantes da alta burguesia industrial e financeira, que financiaram e participaram dos atos pela derrubada da presidente Dilma, voltam às ruas sob convocação do MBL.

Empresários e investidores como Horácio Lafer Piva (acionista da Klabin e ex-presidente da Fiesp), José Olympio Pereira (presidente do banco Credit Suisse), Fábio Barbosa (da Gávea Investimento e ex-presidente do banco Santander), Antonio Moreira Salles (filho do presidente do conselho de administração do banco Itaú Unibanco, Pedro Moreira Salles), Eduardo Wurzmann e Lucia Hauptman estiveram na avenida Paulista neste domingo (12) no ato convocado pelo MBL.

É a primeira vez que voltam às ruas, desde as manifestações que financiaram e das quais participaram pela derrubada da presidente Dilma Rousseff. Muitos desses empresários afirmam que Bolsonaro, além de representar uma ameaça à democracia, é ruim para os negócios, informa a Folha de S. Paulo. Mas também não querem a vitória de Lula nas eleições presidenciais de 2022.

Esses empresários foram às ruas neste domingo apostando na chamada terceira via para a eleição de 2022. Eles buscam um candidato alternativo na expectativa de que possa derrotar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, líder mais popular do Brasil e que está à frente da corrida presidencial segundo todas as pesquisas eleitorais.

Muitos deles ficaram decepcionados com a baixa adesão popular às manifestações deste domingo.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here