DIA NACIONAL DA LUTA DA MULHER CONTRA A VIOLÊNCIA ✊🏾

Hoje não farei análises ou discursos sobre a violência contra a mulher. Não há o que eu possa dizer que já não tenha sido dito e legitimado por uma mulher, ainda que muitos de vocês tenham preferido não escutar. Como homem, não pretendo, e não irei aqui, roubar o protagonismo de quem há tempos tem lutado para se fazer ouvir. Precisamos escutá-las. Precisamos parar de negligenciar e ironizar seus sofrimentos e a posição que a sociedade historicamente lhe impôs. Por isso, hoje, não me farei ouvir/ler. Cumpro meu papel, apoiando essa causa tão cara à nossa sociedade, e deixo aqui apenas números que falam por si.

👮🏽‍♀De janeiro a junho de 2017, a Bahia registrou:

✋Mais de 23 mil casos de violência contra mulheres
✋23 casos de feminicídio (quando a vítima é morta apenas pelo fato de ser mulher)
✋150 casos de homicídios dolosos (quando há intenção de matar)
✋174 tentativas de homicídios
✋242 estupros
✋ 7.582 lesões corporais
✋15.270 ameaças
👉Nas seis varas especializadas no acompanhamento de denúncias de violência contra a mulher na Bahia, tramitam atualmente 26,7 mil processos.

Dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia e do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

As denúncias podem ser feitas em qualquer delegacia, nas unidades especializadas ou através da central de atendimento à mulher, pelo número 180.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here