Engenheira morre durante explosão de pedreira em Feira de Santana

Uma engenheira morreu durante a explosão em uma pedreira, em Feira de Santana (a 109 km de Salvador), na noite da sexta-feira, 31. O acidente ocorreu no interior da Pedreira Rio Branco, no bairro Nova Esperança.

A vítima tinha 35 anos, conforme informações do site Acorda Cidade. Ainda não foram divulgados detalhes sobre as circunstâncias da explosão. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) investiga o caso.

A Pedreira Rio Branco emitiu uma nota de esclarecimento, demonstrando pesar pelo falecimento da engenheira de minas. Segundo a nota, após o acidente a empresa acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e informou aos órgãos como Polícia Civil, Polícia Militar e Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército Brasileiro, para que todas as medidas fossem devidamente tomadas.

Leia abaixo nota na íntegra.

SERVIÇO

A Pedreira Rio Branco, empresa atuante há mais de 40 anos,
informa com pesar o falecimento da Engenheira de Minas, Cibelle
Araújo Lêdo, ocorrido na tarde de ontem, 31 de janeiro de 2020, em
Feira de Santana.
 
Cibelle, que trabalhava na empresa há mais de 05 (cinco) anos,
sofreu um acidente ao efetuar um procedimento de descarte de
material explosivo, indo a óbito.
 
Imediatamente após o acidente, a empresa acionou o SAMU 192 e
informou aos órgãos competentes a fim de colaborar, de forma
transparente, com a Polícia Civil, a Polícia Militar e à Diretoria de
Fiscalização de Produtos Controlados do Exército Brasileiro para
que todas as medidas necessárias sejam tomadas.
 
A empresa lamenta profundamente o ocorrido, se solidarizando com
os familiares e amigos, e neste momento presta toda a assistência
necessária.
 
A Pedreira Rio Branco aguarda com prudência a conclusão da
perícia técnica e demais procedimentos para esclarecer sobre o fato
ocorrido.
 
Assessoria de Comunicação

 

Fonte: Jornal A Tarde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here