Enquanto pandemia volta a crescer, novo ministro do Turismo faz apelo contra lockdown no fim do ano

Ministro do Turismo, Gilson Machado. Foto: Reprodução

Um dia depois de o País ter registrado mais de 800 mortes diárias por Covid, pela primeira vez desde agosto, Gilson Machado, novo ministro do Turismo, fez um apelo para que não haja lockdown nas cidades, “especialmente no período do Natal”. “Setor não aguenta”, diz ele. Brasil registra ao todo 179.765 mortes desde o início dia pandemia.

Em pleno recrudescimento da pandemia do coronavírus, o novo ministro do Turismo, Gilson Machado, fez um apelo para que os municípios não implementem o lockdown, “especialmente no período do Natal”. O chamado acontece um dia depois de o Brasil ter registrado 836 mortes em 24 horas, pela primeira vez desde agosto um número mais alto do que 800.

“Aproveito a oportunidade para fazer um apelo às autoridades municipais e estaduais para que não decidam por voltar a fechar as atividades ligadas ao trade do turismo, especialmente no período do Natal. Não podemos implementar lockdown novamente, pois o setor não aguenta”, afirmou Machado, que é ex-ministro da Embratur, em nota sobre sua nomeação para o cargo de ministro.

Nesta quinta-feira (10), Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil vive o “finalzinho da pandemia”. A declaração foi feita durante discurso na cerimônia de inauguração do eixo principal da nova ponte do Guaíba, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, estado onde a média móvel de mortes pela doença está em alta e atingiu seu pico esta semana.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here