Especialista orienta quando procurar um médico pneumologista

Responsável por tratar e diagnosticar problemas respiratórios, o médico pneumologista também tem o papel de orientar os pacientes com cuidados preventivos. Isso porque as doenças pulmonares matam milhões de pessoas anualmente, a exemplo do que tem sido visto com a Covid-19, fato que reforça a importância da população em se consultar com o especialista.

De acordo com a pneumologista Dra. Larissa Voss, existem alguns sintomas que podem representar doenças pulmonares e não devem ser negligenciados pela população. Entre os sintomas, estão o cansaço sem esforço, ronco, falta de ar, tosse, dor ou chiado no peito e rouquidão.

“Esses sintomas podem representar o aparecimento de diversas doenças, e devem estar sob atenção, sobretudo, dos adultos e idosos. Caso algum desses sintomas apareçam, é necessário procurar um profissional, para que haja uma investigação sobre o que está causando aquele sintoma e haver um diagnóstico correto”, explica.

De modo geral, a pneumologia é a especialidade responsável por tratar as doenças que afetam as vias respiratórias, principalmente os pulmões e elas podem ser provocadas, por exemplo, pela poluição e fumaça de cigarros, a exemplo da asma, insuficiência respiratória enfisema pulmonar, bronquite, doença pulmonar obstrutiva crônica (dpoc) e tuberculose.

Além dessas doenças, o especialista também é o profissional responsável por tratar do câncer de pulmão, coqueluche, embolia, pleurisia, tosse crônica, transtornos respiratórios, entre outras.

“É preciso ter atenção aos sinais dessas doenças, principalmente quando o tempo está muito seco ou as temperaturas estão muito baixas. Algumas dessas doenças também são confundidas umas com as outras, porém possuem diferenças, como asma e bronquite, por exemplo. Por isso, apenas um médico especializado pode realizar o diagnóstico e o tratamento dessas doenças”, afirma a Dra. Larissa.

Aumento na procura 

Por conta da característica da atuação do pneumologista, o cenário da Covid-19 foi responsável por elevar a demanda desses profissionais. Segundo a especialista, como a Covid-19 tem sintomas como a falta de ar, que pode persistir por um período curto e até mesmo aumentar de intensidade rapidamente, o pneumologista teve participação importante no tratamento desses casos.

“Em geral, quem tem alguma patologia respiratória sabe reconhecer uma crise e o próprio paciente relata a diferença da falta de ar. Quando a Covid-19 atinge o pulmão causa outros sintomas como febre, dor no corpo, perda do paladar, dentre outros, e o quadro não regride com o tratamento típico das crises comuns”, explica a Dra. Larissa.

Já em casos de pacientes com problemas respiratórios que são infectados pelo coronavírus, a gravidade dos sintomas dependerá do grau da doença respiratória de base e do controle feito pelo paciente.

“Isso reforça a importância do acompanhamento com o médico pneumologista, pois aqueles que usam medicamentos regularmente, tendem a evoluir bem”, ressalta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here