Expo Alagoinhas.

Depois de receber aproximadamente 500 alunos da rede municipal de ensino para visitas guiadas, durante o dia, e seguindo uma programação intensa e diversificada que promete movimentar o Parque de Exposições, a Prefeitura realizou, nesta quinta-feira (1), a abertura oficial da 21ª Expo Alagoinhas.

Durante a solenidade, o secretário municipal de agricultura, Geraldo Almeida, destacou a expectativa para venda de animais e falou sobre a estrutura da exposição, que dispõe este ano de 151 argolas para o gado Girolando e 50 para o Gir Leiteiro, sem contar as baias dispostas para receber os cavalos Campolina e Mangalarga Marchador, que estreia a participação na feira de Alagoinhas.

Na programação deste ano, estão previstos torneios leiteiros, julgamento de raças com classificatória para o ranking nacional, minicursos gratuitos, palestras, espaço de hortaliças da agricultura familiar, casa de farinha para visitação, estandes de artesanatos e área de lazer infantil com montaria para as crianças.

O prefeito Joaquim Neto destacou as mudanças estruturais pelas quais passou o parque de exposições para que pudesse chegar a sediar esse tipo de evento e falou sobre a importância dos produtores locais para o desenvolvimento da região. “Precisamos valorizar o que vem da nossa terra. Esta é uma noite muito feliz. Muita coisa mudou desde que assumimos o compromisso com a recuperação deste espaço, que hoje conta com pista para corrida de cavalos, baias, estrutura. É preciso destacar, além dos animais, também a importância dos nossos produtores da agricultura familiar, que estarão expondo seus produtos durante todo o evento. Então é uma programação diversificada, com atividades educativas, espaço de lazer, área gastronômica, horta, casa de farinha, julgamento de raças e muitas atrações não apenas para os entusiastas do segmento, mas para toda a população de Alagoinhas”, afirmou.

O criador da raça Girolando, Fernando Rocha, acrescentou que a Expo Alagoinhas já iniciou as festividades do evento com novos recordes. É que, segundo ele, nesta quinta-feira, o município registrou 153 animais da raça Girolando em pista – 30 a mais, em quantidade, do que o número contabilizado em Maceió, na última semana. “É um recorde no norte e nordeste, fruto do trabalho que vem sido realizado nos últimos anos”, enfatizou.

A SEMAG informou que espera um aumento também no número de vendas e de participantes em relação ao ano passado.

Em leilões, a estimativa é de que os negócios das raças Girolando e Gir Leiteiro registrem uma evolução de 50%, com mais de R$ 600 mil movimentados.

O evento é realizado pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Agricultura, e conta com apoio do Banco do Brasil, da BSC Copener e do Governo do estado, através da Secretaria de Agricultura.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here