Florian Schneider, o “papa” da música eletrônica, morre aos 73 anos

Morte do fundador do grupo Kraftwerk foi confirmada nesta quarta-feira; causa não foi divulgada.

A morte do músico alemão Florian Schneider, fundador do grupo Kraftwerk, em 1970, foi confirmada pela revista Billboard no começo da tarde desta quarta, 6. Florian, que estava com 73 anos e não teve a causa de sua morte divulgada, criou o grupo ao lado de Ralf Hutter e se tornou a referência maior no uso de instrumentos eletrônicos no mundo.

Florian Schneider já estava fora de ação no grupo desde 2008, depois de 40 anos respondendo por instrumentos como sintetizadores e vocoder, além da robotizada que era uma de suas marcas. Ao todo, o Kraftwerk lançou dez álbuns, dentre eles o referencial Autobahn, de 1974.

 

Fonte: Revista Exame

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here