Governo recebe ultimato do TCU para responder sobre escândalo da Covaxin

Foto: Agência REUTERS

Ministro do TCU dá 10 dias para Ministério da Saúde oferecer respostas sobre caso Covaxin.

O ministro Benjamin Zymler, responsável pela investigação do caso Covaxin no Tribunal de Contas da União (TCU), deu um ultimato ao Ministério da Saúde, ao exigir explicações sobre o caso Covaxin. O magistrado afirmou que se as respostas e documentos sobre a negociação da compra da vacina não forem enviados à corte no prazo fixado, sem causa justificada, constituirá “irregularidade grave”.

A informação é da jornalista Bela Megale do Globo. “No despacho assinado nesta segunda-feira, Zymler reitera questionamentos que não foram respondidos corretamente pela pasta da Saúde, faz novas perguntas e solicita documentos sobre uma reunião entre representantes das empresa Bharat Biotech, produtora da vacina Covaxin, a Precisa Medicamentos, que intermediou a compra com o governo brasileiro, e integrantes do Ministério da Saúde realizada em 20 de novembro do ano passado”, destaca.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here