Grávida esfaqueada escreve o nome do suspeito com o próprio sangue e morre em seguida

A Polícia Militar prendeu na segunda-feira (20) um homem suspeito de matar uma mulher grávida com uma facada em Anápolis, a 55 km de Goiânia. As informações são do G1.

De acordo com as autoridades, antes de morrer, Luciene Maria de Sousa, de 38 anos, escreveu o nome do suspeito com o próprio sangue na mesa de uma lanchonete.

A vítima estava grávida de sete meses e morreu no local. Segundo a PM, o homem foi localizado horas depois ainda sujo de sangue.

Ainda de acordo com o G1, o suspeito foi levado para a delegacia. O caso deve ser investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios de Anápolis.

 

Fonte: Revista Isto É

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here