Gripe aviária que pode afetar humanos é confirmada pelo Ministério de Agricultura da Filipinas

Gripe aviária H5N6 de alta patogenicidade foi detectada em uma fazenda de codornas.

O Departamento de Agricultura das Filipinas confirmou a detecção da gripe aviária H5N6 HPAI (influenza aviária de alta patogenicidade), um subtipo do vírus da gripe A, em Nueva Ecija.

O secretário de Agricultura das Filipinas, William Dar, comunicou que gripe aviária H5N6 foi detectada em uma fazenda de codornas. Os testes para influenza aviária foram realizados em 13 de março, depois que 1500 das 15000 codornas morreram em uma fazenda, as amostras de 30 codornas vivas da fazenda também apresentaram resultados positivos para a doença. Todas as 15 mil codornas foram abatidas para controlar e conter a propagação da gripe aviária.

Possível transmissão humana – A gripe aviária H5N6 é uma doença de aves de capoeira que pode afetar seres humanos através de secreções respiratórias ou materiais fecais
A Organização Mundial da Saúde disse que não recebeu relatos de novos casos de infecção humana por H5N6 entre 31 de janeiro e 6 de fevereiro de 2020. Em uma atualização de 7 de fevereiro, a OMS informou que desde 2014 foram registrados apenas 24 casos confirmados em laboratório de infecção humana por H5N6, incluindo sete mortes.

“Sempre que os vírus da gripe aviária circulam em aves, há risco de infecção esporádica e casos humanos devido à exposição as aves infectadas ou ambientes contaminados”, acrescentou o relatório da OMS.

Os sintomas são semelhantes à gripe humana comum, que inclui tosse, resfriado, febre e falta de apetite, entre outros.

Gripe aviária H5N6 na China – Em fevereiro o Ministério da Agricultura da China disse que a cepa H5N6 altamente patogênica da gripe aviária foi encontrada em uma fazenda de aves na província de Sichuan, no sudoeste causando a morte de 1.840 aves na fazenda de um total de 2.497, por segurança o restante das aves foram abatidas.

 

Fonte: Portal DBO (PFarma)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here