Jogador comete suicídio após ser dispensado pelo Manchester City

Jogador Jeremy Wisten (Foto: Internet)

Jeremy Wisten perdeu a vida neste domingo e o clube lamentou nas redes sociais.

Manchester City confirmou e lamentou a morte do zagueiro Jeremy Wisten , jogador com passagem pela base do clube. O atleta, que perdeu a vida no último domingo (25), tinha apenas 17 anos, e cometeu suicídio após uma crise de depressão em que mergulhou depois de ter sido dispensado do gigante inglês.

“A família do Manchester City está triste ao saber do falecimento do ex-jogador da academia Jeremy Wisten. Enviamos nossas mais profundas condolências aos amigos e familiares dele. Nossos pensamentos estão com você nestes tempos difíceis”, apontou o comunicado.

A decisão de dispensar o atleta ocorreu há duas temporadas e o golpe foi muito sentido pelo jogador, segundo amigos próximos, que agora iniciaram uma campanha de arrecadação de fundos para que sua família tenha o melhor funeral possível. No total, já atingiram quase 10 mil euros. A última foto de Jeremy Wisten no Instagram é de meados de outubro.

Os atuais jogadores do City, Raheem Sterling e Aymeric Laporte, responderam ao tweet do clube, e lamentaram o ocorrido.

Um estudo recente mostrou que menos de 1% das crianças que ingressam nos clubes ingleses, aos 9 anos, chegam aos times principais. Mais de três quartos são descartados entre as idades de 13 e 16 anos. Além disso, quase 98% dos meninos que recebem seu primeiro contrato aos 16 anos não permanecem em nenhuma das cinco primeiras divisões daquele país quando chegam aos 18 anos.

Por fim, apenas oito em cada 400 jogadores de futebol que assinam um contrato profissional com uma equipe da Premier League aos 18 anos permanecem quando completam 22 anos. No total, de acordo com dados, apenas 180 crianças dos mais de um milhão e meio que jogam futebol federado na Inglaterra chegam à Premier League: a taxa de sucesso é de 0,012%.

Fonte: iG

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here