Julho das Pretas Itinerante: Agenda inclui entrega da Medalha Tereza de Benguela e encontro com participação da secretária da SPM, Julieta Palmeira

0
142

A programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha e de Tereza de Benguela, celebrado nesta quinta-feira (25), segue até o final do mês em Alagoinhas. Promovida pela Secretaria de Assistência Social (SEMAS), em parceria com os conselhos de Mulheres, de Igualdade Racial e Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SPM), o “Julho das Pretas Itinerante” já passou por escolas municipais , comunidades da zona rural, e tem com o objetivo de discutir a representação da mulher negra e o enfrentamento ao preconceito originado da misoginia e do racismo, por meio de rodas de conversas, palestras, oficinas, apresentações culturais na sede e na zona rural.

Uma sessão solene para a entrega da Medalha Tereza de Benguela a mulheres negras de destaque em Alagoinhas está marcada para o dia 30, às 18h, e o fechamento será dia 31, a partir das 15h, no Terreiro Ilê Asè Oya Nì, localizado no bairro Santa Terezinha,  com a presença da Secretária da SPM, Julieta Palmeira. Na oportunidade, representantes da SEMAS e do Conselho de Mulheres mediarão debate sobre o tema: ”A Realidade Social das Mulheres dos Terreiros de Candomblé”.

O 25 de julho – A data foi criada em 25 de julho de 1992, durante o I Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-caribenhas, em Santo Domingos, República Dominicana, como marco internacional da luta e da resistência da mulher negra. No Brasil, a data também homenageia Tereza de Benguela, que foi uma importante líder quilombola. Estrategista militar e dirigente política, esteve à frente do Quilombo de Quariterê, localizado no território que hoje corresponde ao Vale do Guaporé, no estado do Mato Grosso.

 

Fonte: Secom/ Alagoinhas

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here