Maioria discorda de frases de Bolsonaro sobre ‘cocô’, nº de filhos, governadores de ‘paraíba’ e Eduardo em embaixada

Declarações do presidente também foram tema de pesquisa realizada nos dias 29 e 30 de agosto com 2.878 pessoas com mais de 16 anos, em 175 cidades brasileiras.

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (2) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra que a maioria da população discorda de quatro declarações feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) nos últimos meses. Os comentários citados foram estes:

  • “É só você deixar de comer um pouquinho. Você fala para mim em poluição ambiental. É só você fazer cocô dia sim, dia não”.
  • “Você olha que as pessoas têm mais cultura, têm menos filhos. Eu sou uma exceção à regra, tenho cinco. Mas, como regra, é isso”.
  • “Daqueles governadores de… ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara”.
  • “Lógico que é filho meu. Pretendo beneficiar um filho meu, sim. Pretendo, está certo. Se puder dar um filé mignon ao meu filho, eu dou. Mas não tem nada a ver com filé mignon essa história aí”.

A pesquisa foi realizada nos dias 29 e 30 de agosto com 2.878 pessoas com mais de 16 anos, em 175 cidades brasileiras. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro.

Frase sobre ‘cocô’ – A declaração na qual Bolsonaro sugeriu “fazer cocô dia sim, dia não” para reduzir a poluição ambiental é de 9 de agosto. Foi feita diante de jornalistas que o aguardavam na entrada do Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente. Era uma resposta a uma pergunta de um repórter sobre a possibilidade de haver desenvolvimento com preservação ambiental.

Os entrevistados pela pesquisa responderam da seguinte forma:

  • Discorda: 88%
  • Concorda: 10%
  • Não sabe: 2%
  • Não concorda nem discorda: 1%

Frase sobre ‘nº de filhos ‘ e ‘cultura’ – O comentário no qual o presidente disse que “as pessoas têm mais cultura têm menos filhos” também é de 9 de agosto. Na ocasião, Bolsonaro apontou que 70 milhões de pessoas nascem no mundo todos os anos – e, em seguida, defendeu uma política de planejamento familiar como forma de combater a poluição.

Os entrevistados na pesquisa responderam da seguinte forma:

  • Discorda: 63%
  • Concorda: 33%
  • Não sabe: 3%
  • Não concorda nem discorda: 1%

Frase sobre ‘governadores de paraíba’ – A frase na qual disse que “daqueles governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão; tem que ter nada com esse cara” é de 19 de julho. A declaração foi dada durante conversa informal com o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) assim que Bolsonaro se sentou à mesa para dar início a um café da manhã com jornalistas da imprensa estrangeira no Palácio do Planalto. O uso de um termo pejorativo para se referir aos nordestinos provocou a reação de governadores da região, que manifestaram “espanto e profunda indignação”.

Os entrevistados na pesquisa responderam da seguinte forma:

  • Discorda: 69%
  • Concorda: 22%
  • Não sabe: 8%
  • Não concorda nem discorda: 1%

Frase sobre Eduardo em embaixada – O comentário no qual o presidente defendeu a indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) – um dos seus cinco filhos – para o posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos foi feito em 18 de julho, durante uma transmissão ao vivo no Facebook.

Os entrevistados na pesquisa responderam da seguinte forma:

  • Discorda: 70%
  • Concorda: 27%
  • Não sabe: 2%
  • Não concorda nem discorda: 1%

 

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here