Mais dois membros de comitiva de Bolsonaro nos EUA têm coronavírus

O secretário-adjunto de Comunicação da Presidência, Samy Liberman, e um militar que estava na tripulação do avião presidencial tiveram resultado positivo.

Dois novos casos de coronavírus foram registrados entre membros de uma comitiva do governo brasileiro que participou de visita do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos na semana passada, informou o jornal O Globo em reportagem neste domingo.

O secretário-adjunto de Comunicação da Presidência da República, Samy Liberman, e um militar que estava na tripulação do avião presidencial tiveram resultado positivo após testes sobre infecção pelo Covid-19, de acordo com a publicação.

Liberman participou de jantar oferecido aos brasileiros pelo presidente dos EUA, Donald Trump, em um resort na Flórida, mas não viajou no mesmo avião que Bolsonaro, ainda segundo o jornal.

O marqueteiro do Aliança do Brasil, o publicitário Sérgio Lima, foi a sexta pessoa que esteve com a comitiva do presidente Jair Bolsonaro nos Estados Unidos a testar positivo para o coronavírus. Ele não viajou no avião presidencial, mas esteve junto com o grupo durante reuniões na Flórida.

O publicitário confirmou o resultado pelo Twitter na madrugada deste domingo: “Acabo de receber meu resultado positivo para o #Covid-19 (sic). Fico chateado por ter que me afastar do trabalho pelo período da quarentena, mas vou aproveitar para ler e estudar. Cuidem-se”, escreveu.

Além de Lima, outras cinco pessoas que mantiveram contato com Bolsonaro foram confirmadas com a Covid-19.

 

Fonte: Revista Exame

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here