MAIS SANEAMENTO: Prefeito Joaquim Neto assina ordem de serviço do Avançar Cidades

O município inicia uma obra histórica em Nova República e Santa Terezinha.

O prefeito Joaquim Neto assinou, no último domingo (24), a ordem de serviço do Avançar Cidades, na Nova República, autorizando o início de uma obra histórica para o município.

O investimento de quase R$ 13 milhões de reais, por meio do programa federal, chega para colocar um fim ao esgoto a céu aberto na região, promovendo um salto significativo em qualidade de vida para as famílias, com a ampliação do sistema de esgotamento sanitário em Nova República e parte de Santa Terezinha.

“Já cheguei a ouvir que essa obra nunca seria feita. Mas, quando a gente pede a Deus com vontade e trabalha para fazer o melhor para a nossa gente, Ele atende. Fico feliz em saber que chegamos para transformar positivamente a vida de tantas famílias. Quando falamos em saneamento, estamos falando também de saúde, de qualidade de vida, para essa comunidade que ficou muito fora do centro das atenções dos governos e agora terá a realidade transformada com uma grande ação”, afirmou o prefeito Joaquim Neto. O Chefe do Executivo municipal salientou que o trabalho será realizado também no plano social, com investimento nas ações socioeducativas com a comunidade.

“Muito bom. Quando eu olhei o folheto, disse ‘Oh, que beleza, nós fomos lembrados na Nova República’, porque estávamos esquecidos aqui”, pontuou a moradora Jaciara Santos, que se disse realizada e feliz com a iniciativa.

Jociane Anunciação, da associação de moradores, também avalia positivamente a iniciativa. “Promessas de campanha, muitos fazem. Mas, cumprir, como o prefeito Joaquim Neto está fazendo, é único. A qualidade de vida desses moradores, agora, vai dar uma alavancada. Nós só temos a agradecer ao prefeito e a todas as secretarias envolvidas pelo presente de Nova República. É um sonho antigo do meu pai que luta por essa comunidade desde 89 que agora vai se tornar realidade. A semente que ele plantou lá atrás a gente está colhendo hoje”, comentou a moradora, que discorreu sobre a importância da obra para a população.

“Quando chove fica muito pior, alaga tudo, fica uma lama só, não tem nem como passar”, relatou Dilmara Correio, confirmando que a obra vai trazer um salto significativo na qualidade de vida de todos que moram no bairro.

A Diretora Geral do SAAE, Maria das Graças Reis, destacou que o empréstimo feito pelo Governo Federal só foi possível porque tanto a prefeitura quanto a autarquia buscaram esse recurso e estão com as contas organizadas. “Estou duplamente satisfeita, como gestora pública e engenheira sanitarista e ambiental, em poder fazer parte desse momento histórico que resultará em mais saúde para a comunidade e, com a coleta, o tratamento e o encaminhamento adequado dos esgotos, preservação do meio ambiente”, afirmou.

Para concretizar o sonho antigo dos moradores, o Serviço Autônomo de água e Esgoto (SAAE) vai construir 4 estações elevatórias, cerca de 30 quilômetros de rede coletora e quase 2 mil ligações intra-domiciliares. Mais de 50 ruas e travessas serão contempladas e cerca de 7 mil pessoas serão diretamente beneficiadas com a iniciativa.

Além da assinatura da ordem de serviço, houve ainda café da manhã, stand informativo dos serviços do SAAE, aferição de pressão, vacinação e atração musical no último domingo (24), na localidade.

Antes de iniciar efetivamente as obras, a empresa licitada se dedica o levantamento topográfico do local.

 

Fonte: Secom – Alagoinhas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here