Mini Cooper elétrico chega ao Brasil: preço R$240 mil, autonomia 234km

Novo MINI Cooper SE, versão 100% elétrica do icônico MINI Hatch 3 Portas (BMW/Divulgação)

Novo modelo dá a largada à corrida da BMW para ser uma marca 100% elétrica até 2030; segundo a empresa, cada recarga completa do Mini S E sai por menos de R$30 em São Paulo.

É bem provável que, a partir desta semana, você encontre alguns Mini Coopers com rodas diferenciados por aí. É que um novo integrante acaba de chegar à família: o Mini Cooper SE, primeira versão 100% elétrica do icônico MINI Hatch 3 Portas da BMW. Equipado com uma bateria que fornece 234km de autonomia, o lançamento custa a partir de R$240 mil reais.

Os diferenciais de design, entretanto, estão disponíveis apenas na versão TOP Colletion. Já na casa dos R$270 mil, ela vem com o teto pintado em preto ou em multitone (uma pintura especial feita em três cores que é a assinatura do novo modelo), banco de couro cinza claro e um visual interno todo high-tech, dadas as superfícies em alumínio.

O motor do Mini Cooper SE entrega 184 cv de potência, atingindo até 7.000 rpm, e 270 Nm de torque instantâneo entre 100 rpm e 1.000 rpm. Toda essa potência, entretanto, não pesa no bolso: de acordo com os cálculos da fabricante, cada recarga completa do novo Mini elétrico na casa do proprietário custa menos de R$30 – considerando as bandeiras tarifárias de energia mais baratas na cidade de São Paulo. Uma rede de recarga da própria BMW ainda oferece carga gratuita em mais de 250 pontos pelo Brasil.

Em termo de conectividade e tecnologia, o novo Mini elétrico chama a atenção um assistente de direção com frenagem automática, aviso de saída de faixa com vibração no volante, assistente de farol alto e alerta de aproximação perigosa. Sem custo adicional por três anos, um SIM card virtual conecta o carro à internet, inclusive com integração à Alexa, da Amazon, e a um concierge disponível 24/7.

As entregas do Mini Cooper S E estão previstas para junho deste ano.

Marca 100% elétrica – até 2030 – Ao mesmo tempo em que lança o novo Mini elétrico, a BMW também anunciou que até 2030 deve abandonar os motores à combustão em todos os seus modelos, que passarão a ser completamente elétricos.

Confira as versões, os principais equipamentos de série e os preços sugeridos:

MINI Cooper S E – Exclusive: R$ 239.990,00*

  • Painel Digital de 5”;
  • Central MultiMidia com touchscreen de 8,8” com sistema de navegação;
  • Rodas 17″ Roulette Spoke 2-tone;
  • Teto solar panorâmico;
  • Sensor e câmera de ré;
  • Ar-condicionado digital dual-zone;
  • Conjunto ótico Full LED;
  • Apple CarPlay; Serviços digitais do MINI Connected gratuitos por um mínimo de três anos; Equipamento portátil para carregamento com tomada no padrão brasileiro.

Mini Cooper S E – Top: R$ 264.990,00*

  • Todos os equipamentos da Versão Exclusive e mais:
  • Pacote Parking incluindo Assistente de estacionamento + Sensores de estacionamento dianteiro e traseiro;
  • Comfort Access;
  • Conjunto ótico Full LED direcionais;
  • Assentos revestidos em couro;
  • Assistente de direção;
  • Sistema de Audio Hi-Fi Harman/Kardon;
  • Head Up Display;
  • Serviço de ConnectedDrive com disponibilidade da função Amazon Alexa e serviço de Concierge gratuito por mínimo de três anos;
  • Sistema de Navegação MINI com RTTI (informação de trânsito em tempo real);
  • Rodas exclusivas aro 17” MINI Electric Power Spoke 2 tons com pneus run-flat.

 

Fonte: Revista Exame

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here