Mortes nas rodovias federais baianas sofrem redução de 75%

O número de mortes nas rodovias federais baianas durante o feriadão de Ano Novo sofreu redução de 75% em relação a 2018, segundo balanço divulgado na noite desta quinta-feira, 2, pela Polícia Rodoviária Federal. Neste período, foram registradas duas mortes, contra oito óbitos no ano passado.

A Operação Ano Novo contabilizou ainda aumento em 5% na quantidade de pessoas feridas, passando de 56 para 59. Com relação aos acidentes nas estradas, a PRF registrou uma redução equivalente a 16% considerado ao mesmo período do ano anterior.

Em 2019, foram contabilizados 36 ocorrências, contra 43 de 2018. Destes, 13 foram considerados graves – quando resultam em, pelo menos, um óbito ou ferido gravemente – número que representa uma redução de 13% em relação ao mesmo período anteriormente. A ação foi iniciada no último sábado, 28, e teve como foco reduzir a violência no trânsito e o enfrentamento a criminalidade.

Nos cinco dias da operação, a PRF autuou 2.920 condutores, que cometeram infrações diversas. Uma das mais constatadas foi a ultrapassagem proibida, com 589 autos extraídos.

Durante as abordagens, foram realizados 5.295 testes do bafômetro, que flagraram 85 condutores dirigindo sob efeito do álcool. Para essa infração, considerada gravíssima, a multa é de R$ 2.934,70.

As equipes também emitiram 41 infrações para motociclistas ou passageiros sem capacete, e sete motoristas foram flagrados trafegando com uso do aparelho celular, além de 223 conduzindo o veículo sem o cinto de segurança.

Por fim, no combate à criminalidade, a PRF na Bahia recuperou seis veículos e 31 pessoas foram detidas por diversos crimes. Além disso, foram apreendidos 41 quilos de maconha e mais 38 quilos de cocaína. As abordagens resultaram ainda na apreensão de quatro armas de fogo e 132 munições de diversos calibres.

 

Fonte: Jornal A Tarde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here