Muita comoção e revolta no funeral da enfermeira assassinada.

Comoção e revolta era o que se via entre os participantes do funeral da enfermeira e professora Rosângela Gomes Costa (35), na manhã desse sábado (22/4). O féretro saiu do Lar Franciscano, por volta das 11h, e seguiu para o Cemitério Praça da Saudade, parando o comércio à sua passagem. Toda a cidade encontra-se consternada e estupefata com o brutal assassinato.


Foto: Marcelo Oliveira

Familiares, amigos, alunos, colegas de trabalho da vítima, protestaram portando cartazes e gritando por justiça, auxiliados por um carro de som, acompanhando o corpo até o cemitério e seguindo, após o sepultamento, para a casa de Rosângela onde fizeram mais uma homenagem fixando os cartazes, flores e balões brancos na fachada do imóvel.

A sociedade alagoinhense aguarda, ansiosamente, pelo desfecho do inquérito que investiga esse bárbaro crime,  mas ainda não se tem nenhuma noticia oficial até o presente momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here