Novo aumento no preço da carne e do ovo por conta da inflação sem controle

Está cada dia mais difícil para o brasileiro conseguir colocar proteínas na mesa e a expectativa é que o cenário ainda piore durante 2021. Carne vermelha, frango, carne de porco e ovos, podem subir até 17% nos próximos dias por causa da inflação, impactada pelo desemprego em alta e recessão de crescimento.

O aumento vai muito além do que havia sido projetado para o setor através do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que estimava 5,9%.

Segundo analistas, a maior alta neste ano continuará sendo no preço da carne de boi, com 17,6%, seguida pelo porco, com 15,1% e de frango, com 11,8%. Mesmo o valor do ovo de galinha, que costuma ser uma alternativa às carnes, deve subir 7,6%.

De acordo com dados da Embrapa, as razões para o aumento da carne bovina são diferentes das outras proteínas. Enquanto os produtores de gado tiveram redução na produção e maior exportação, a culpa pelo preço maior do frango, do porco e dos ovos é devido ao aumento no custo de sua produção.

Recentemente, Bolsonaro chegou a reclamar em público do aumento de preço que carne, do arroz, do gás de cozinha e  combustíveis vem sofrendo por causa da inflação.

 

Fonte: DCM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here