Paulo Guedes debocha de quem sofre para pagar a conta de luz, escreve Bernardo Mello Franco

Ministro da Economia Paulo Guedes

O ministro da Economia do governo Bolsonaro, Paulo Guedes já ofendeu as empregadas domésticas, os filhos de porteiros e os pobres em geral. Agora resolveu debochar de quem sofre para pagar a conta de luz.

“O ministro desdenhou do novo reajuste nas tarifas, que deve ser anunciado na próxima semana. ‘Qual o problema agora que a energia vai ficar um pouco mais cara porque choveu menos?’,  questionou, na quarta-feira”, escreve o colunista do Globo Bernardo Mello Franco.

“Guedes conhece a resposta para a pergunta que fez. O aumento da bandeira vermelha não pesa apenas nas tarifas residenciais. Também eleva os custos de produção, o que deve resultar em mais inflação no varejo”.

O jornalista diz que as declarações de Guedes são provocações. “Afirmou que a luz vai subir e ‘não adianta ficar sentado chorando’. Ele ainda sugeriu que os governadores querem ‘faturar em cima da crise’ com a arrecadação de ICMS sobre o consumo de energia”.

“As falas de Guedes combinam elitismo, insensibilidade e um certo gosto pela ficção. Em março, ele tentou se vender como um campeão de popularidade. ‘Eu entro no supermercado e as pessoas me agradecem’, disse. O ministro deveria se submeter ao teste da gôndola agora, mas com testemunhas. Será uma experiência inesquecível”, conclui o jornalista.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here