Petroleiros podem acionar organismos internacionais por greve

Os advogados que representam os petroleiros estudam acionar organismos internacionais contra a decisão da Justiça brasileira de considerar a greve deles ilegal e abusiva —e de impor pesadas multas às organizações sindicais.

A medida afrontaria o princípio da liberdade sindical, consagrado em organismos internacionais como a OIT (Organização Internacional do Trabalho), dos quais o Brasil faz parte.

Os defensores vão lembrar que em países como a França, por exemplo, o Judiciário não interrompe nem baixa regras para paralisações. A greve de transportes no país, por exemplo, já dura dois meses.

A iniciativa, se tomada, será simbólica: organismos internacionais não podem mudar decisões judiciais no Brasil.

 

Fonte: DCM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here