Polícia prende filha de casal que morreu carbonizado dentro de carro

A Justiça decretou nesta quarta-feira (29) a prisão temporária de Ana Flávia Menezes Gonçalves, de 24 anos. Ela é filha do casal encontrado carbonizado dentro do porta-malas de um carro na madrugada de terça-feira (28) em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo. O irmão dela, de 16 anos, também estava no veículo. As informações são do jornal Agora.

Carina Ramos, de 26 anos, que é companheira de Ana Flávia, também teve a prisão decretada. Ambas são suspeitas de envolvimento no crime. Segundo o Departamento de Investigações Criminais (Deic), de São Bernardo do Campo, um homem também é investigado, mas não teve o pedido de prisão.

As vítimas, encontradas mortas em um Jeep Compass, na divisa de São Bernardo e Santo André, são o comerciante Romuyuki Gonçalves, a mulher Flaviana Gonçalves, e o filho Juan Gonçalves.

Investigação – Durante a apuração do caso, o setor de Homicídios da Polícia Civil apreendeu o celular da filha do casal. De acordo com a polícia, Ana Flávia está com hematomas em um dos braços e a namorada da suspeita apresentava o mesmo tipo de ferimento em uma das pernas. A filha do casal passou mal e chegou a vomitar durante o depoimento.

Parentes da família afirmam que a casa das vítimas, na rua Caminho dos Vianas, tinha marcas de sangue em alguns cômodos.

Segundo o jornal Agora, a polícia conseguiu imagens de câmeras de monitoramento que mostram o carro da filha mais velha do casal deixando o condomínio onde moravam, por volta da 1h. O veículo é seguido pelo Jeep Compass em que a família foi encontrada morta horas depois. A polícia também investiga o desaparecimento da arma de fogo que o comerciante Romuyuki Gonçalves mantinha em casa.

 

Fonte: Revista Isto É

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here