Polícia prende filha de casal que morreu carbonizado dentro de carro

Para a polícia, Ana Flávia Gonçalves é suspeita de ter matado os pais e o irmão. Família foi encontrada morta em carro carbonizado na terça (28). Companheira dela também foi presa.

A Justiça de São Bernardo do Campo decretou na tarde desta quarta-feira (29) a prisão temporária de Ana Flávia Gonçalves, de 24 anos, e a companheira dela, Carina Ramos, 31 anos. O casal é suspeito de ter matado os pais e o irmão de Ana Flávia.

Os corpos da família foram encontrados carbonizados dentro de um carro em São Bernardo do Campo na madrugada terça-feira (28). No crime morreram Flaviana Gonçalves, o marido Romuyuki e o filho adolescente.

Ana Flávia e Carina foram presas nesta quarta (29) quando estavam a caminho do escritório de um advogado.

O pedido de prisão temporária foi feito à Justiça pelo delegado titular e chefe da divisão de homicídios de São Bernardo, Paul Henry Bozon Verduraz.

Segundo a polícia, as suspeitas entraram em contradição em diversos pontos do interrogatório. O delegado ainda afirma que o depoimento de uma testemunha também foi decisivo.

Os investigadores esperam o resultado da análise dos celulares das duas mulheres, e acreditam que outras pessoas também possam estar envolvidas no caso.

O crime aconteceu na manhã desta terça-feira (28) na Estrada do Montanhão, próximo ao Rodoanel. Até a noite desta quarta (29), dez pessoas já tinham prestado depoimento à polícia.

Na tarde desta quinta-feira (30) haverá um pequeno velório e, em seguida o enterro dos restos mortais da família.

Fonte: G1 – São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here