Prefeitura de Alagoinhas anuncia reforço na fiscalização das medidas restritivas no período do São João

Foto: Divulgação

As operações da força-tarefa de fiscalização da prefeitura serão intensificadas no período de festejos juninos , para fazer valer as medidas restritivas contra Covid-19 estabelecidas pelo novo decreto. As estratégias foram definidas na manhã desta terça-feira (22), em reunião na Secretaria Municipal de Saúde (SESAU).

Na sede e na zona rural, serão realizadas mais ações integradas para inibir aglomerações, festas clandestinas, verificar denúncias de bares abertos e outras irregularidades. Equipes também serão reforçadas nas ruas para garantir o cumprimento do “toque de recolher”. O documento é válido até o dia 29 de junho e pode ser prorrogado dependendo do cenário da pandemia no município.

Foto: Divulgação

A fiscalização envolve equipes da Vigilância Sanitária, secretarias de Governo, de Desenvolvimento e Meio Ambiente, de Serviços Públicos (SESEP), Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT), e Guarda Municipal, com apoio das Polícias Civil e Militar.

“Nosso objetivo é tentar conter o avanço da pandemia no município a fim de evitar o aumento da taxa de ocupação dos leitos e do número de casos. Aglomerações não serão permitidas e para que a população permaneça segura é preciso que todos colaborem, mantendo o distanciamento, cuidando da higienização das mãos e usando máscara”, informa o secretário de Governo, André Barros.

Além do Toque de Recolher das 20h às 5h, o decreto determina que bares, restaurantes, lanchonetes e similares poderão realizar atendimentos presenciais até as 20h, com funcionamento pelo sistema de delivery até à meia noite. Apresentações com música ao vivo estão liberadas nestes estabelecimentos, limitando-se a presença de dois músicos por vez, sendo que as apresentações deverão ser encerradas às 19h30.

Pelo decreto, bares e restaurantes não poderão permitir a utilização de seus espaços internos como pistas de dança e deverão manter todas as medidas de segurança editadas pelas autoridades sanitárias,  e a circulação dos transportes coletivos deverá ser suspensa das 20h às 5h.

De acordo com a Administração Municipal, estabelecimentos que  não seguirem as medidas estão sujeitas à interdição e, se houver reincidência, autuação e cassação do alvará.

Denúncias de aglomeração de pessoas e funcionamento irregular podem ser registradas pelos telefones 190 e 153.

Fonte: Prefeitura de Alagoinhas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here