Prefeitura de Salvador faz 2,1 mil vistorias, cassa 20 alvarás e interdita 35 estabelecimentos.

O prefeito de Salvador está lutando contra a propagação do corona vírus com determinação e firmeza. Desde o dia 18 de março até esta quinta-feira (26), já foram realizadas mais de 2,1 mil vistorias, 35 interdições e 20 alvarás de funcionamento foram cassados em Salvador. As ações têm o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Vigilância Sanitária (Visa). Já foram inspecionados 264 templos religiosos – terreiros de candomblé, centros espíritas, igrejas católicas e evangélicas -, 485 academias, 59 centros de compras – shoppings, centros comerciais e similares, 460 instituições de ensino, 749 espaços voltados ao gênero alimentício –, bares, restaurantes, lojas de conveniência e depósitos de bebida. Além desses, houve ainda vistoria em 81 espaços de beleza como salões e clínicas estéticas, 19 call centers, quatro obras, um parque infantil, 16 casas de eventos e três cinemas.

Decreto e denúncias – De acordo com o decreto municipal 32.280, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) no último dia 23, o funcionamento de bares e restaurantes, casas de shows e de espetáculos ou de qualquer atividade sonora está proibido. Além disso, permanece o fechamento de academias e a realização de obras civis em prédios e estabelecimentos habitados, exceto para intervenções emergenciais.

Caso o cidadão identifique algum estabelecimento descumprindo a determinação da Prefeitura é possível efetuar denuncia através do site falasalvador. ba. gov. br, pelo e-mail ouvidoria @ salvador. ba. gov. br, pelo Disque Salvador 160 ou, ainda, pelo Instagram @ouvidoriadesalvador.   

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here