Presidente de Cuba reafirma defesa da soberania contra tentativas de desestabilização

Presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel - Foto reprodução

Governo cubano concedeu entrevista coletiva na manhã da segunda-feira.

O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, reafirmou a vontade de Cuba de defender seu direito à soberania, autodeterminação e independência ante as tentativas desestabilizadoras promovidas pelos Estados Unidos.

Em entrevista coletiva na segunda-feira (12), em conjunto com membros de seu gabinete, o presidente denunciou o aumento de uma campanha nas redes sociais que busca desacreditar os esforços da Revolução para garantir saúde, segurança e vida.

A este respeito, referiu-se aos protestos do último domingo por grupos de pessoas em várias cidades do país com os quais, disse, se pretende justificar a necessidade de uma intervenção humanitária.

O chefe de Estado afirmou que Cuba precisa de solidariedade, o que nunca negou, e da imediata suspensão das 243 medidas para fortalecer o bloqueio implementadas pelo ex-presidente norte-americano Donald Trump, que a atual administração democrática de Joe Biden mantém intacta.

Da mesma forma, pediu ao presidente norte-americano que ouça o clamor mundial e ponha fim ao cerco econômico, comercial e financeiro que aquela potência impõe à ilha há seis décadas, informa a Prensa Latina.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here