Prisão de Eduardo Cunha pela Lava-Jato de Curitiba é revogada pelo TRF-4

Ailton de Freitas | Agência O Globo

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) revogou, nesta quarta-feira, a prisão preventiva decretada pela Lava-Jato de Curitiba contra o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. Devido à pandemia, ele cumpria a medida em modo domiciliar. O tribunal manteve apenas a proibição de sair do país.

A defesa do ex-deputado afirma que, com isso, a tornozeleira eletrônica será retirada de Cunha e que ele está livre também da prisão domiciliar. Há ainda uma ordem de recolhimento domiciliar emitida pela Justiça Federal de Brasília que, segundo os advogados de Cunha, não interfere na liberdade do ex-deputado.

“Finalmente a Justiça começa a ser concretizada” afirmam os advogados Ticiano Figueiredo, Pedro Ivo Velloso e Rafael Guedes, que defendem o ex-deputado.

Fonte: O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here