Protocolo que estuda construção de rota náutica no Rio Paraguaçu é assinado

Rio Paraguaçu já foi a principal via de transporte e comunicação de toda a região

O secretário de Turismo do Estado, Fausto Franco, assinou neste sábado, 3, um protocolo de intenções para estudar a construção de uma rota navegável no Rio Paraguaçu para embarcações de esporte e lazer, entre Barra do Paraguaçu e o município de Cachoeira, no Recôncavo do estado.

O secretário explica que a iniciativa faz parte das ações para o desenvolvimento do Turismo Sustentável na Baía de Todos-os-Santos. “Nosso objetivo é a construção de uma rota navegável que permita chegar a Cachoeira com mais segurança, observando aspectos como condições de maré, profundidade e calados de embarcações”, afirma Franco.

Ele acrescenta que este estudo importante, considerado a difícil navegabilidade do rio, principalmente para barcos de calado mais profundo, por causa do assoreamento do rio após a construção da Barragem de Pedra do Cavalo.

Com a apresentação cartográfica será traçado o trajeto geral da rota e as condições para seu uso correto. A navegação pelo Rio Paraguaçu até Cachoeira está prevista no projeto de roteirização náutica da Baía de Todos-os-Santos.

Rio Paraguaçu – Com 600 quilômetros de curso, o Rio Paraguaçu já foi a principal via de transporte e comunicação de toda a região. O rio nasce no  município de Barra da Estiva, na Chapada Diamantina, segue em direção norte pelos municípios de Ibicoara, Mucugê e Andaraí e muda de direção para oeste e leste, atravessando o município de Cachoeira  e desembocando na Baía de Todos-os-Santos, entre Maragogipe e Saubara.

 

Fonte: Jornal A Tarde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here