Quem vai pagar essa conta?

A Câmara dos Vereadores recebeu ontem (21) o Secretário de Assistência Social, José Alfredo Menezes Filho e o Diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Alagoinhas, José Gomes da Silva, para o 2º dia do ciclo das apresentações que estão acontecendo durante o mês de março. O objetivo do encontro foi mostrar a situação em que encontraram as suas pastas ao assumirem a gestão.

José Alfredo relatou as dificuldades que encontrou, principalmente no que se refere ao cadastro dos programas, afirmando que a transição foi realizada praticamente em um dia, com um relato superficial dos programas que estavam sendo executados pela Secretaria, sem que lhe dessem acesso aos valores, nem às senhas cadastradas. Por conta disso, explicou que os usuários do Bolsa Família foram prejudicados por cerca de 18 a 20 dias. Uma das primeiras medidas do Secretário foi a recuperação das senhas.

Os Centros de Referência de Assistência Social – CRAS foram encontrados com as equipes absolutamente incompletas. Considerando que são a porta de entrada do Sistema Único da Assistência Social podemos imaginar os problemas enfrentados.

O Secretário mencionou a situação do Programa Minha Casa Minha Vida, ainda sem os dados finais da lista dos contemplados do Conjunto Linha Verde – Calú, assim como as ações já estruturadas e o planejadas para este ano, tais como: buscar outros empreendimentos do programa e fortalecer a parceria com as instituições sociais: APAE, PESTALOZZI, PASTORAL DO MENOR DE ALAGOINHAS, LARES DE IDOSOS, entre outras.

Alguns vereadores fizeram sugestões interessantes, como um abrigo para moradores de rua, um local de acolhimento para as crianças da Central de Abastecimento, entre outras,  tendo o Secretário se mostrado sensível às propostas.

O Diretor Geral do SAAE afirmou que chegou à autarquia com a firme determinação de fazer um trabalho eminentemente técnico que leva em consideração a melhoria da qualidade de vida dos munícipes.  Completados 80 dias à frente da gestão, com todas as dificuldades encontradas durante este período, o Diretor relatou num determinado momento do seu pronunciamento que podemos comemorar os resultados obtidos do 1º dia para cá pois são bem diferentes dos números encontrados na autarquia.

José Gomes apontou também que o maior débito deixado pela administração passada não foi apenas o escândalo financeiro e o passivo deixado para a nova gestão, mas o sucateamento do SAAE em toda a sua estrutura.

O ciclo das apresentações, que se encerra no dia 28 deste mês, receberá ainda o Superintendente da SMTT, o Secretário de Educação, o Secretário de Saúde e o Secretário Municipal de Infraestrutura.

No geral foi um reunião muito profícua, só prejudicada pelos senhores vereadores que, sem nada a perguntar ou propor, ocupam o microfone para fazer rasgados elogios, compartilhando reminiscências que nada acrescentam mas que estendem o tempo, fazendo com que muitas pessoas saiam antes dos fim dos trabalhos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here