SAAE promove ações para diminuir inadimplência.

O SAAE de Alagoinhas vai realizar uma campanha nas localidades do Disai e Encantado, na zona rural da cidade, com o objetivo de identificar consumidores inadimplentes e propor negociação dos débitos. Uma reunião da diretoria realizada na sexta-feira (5) definiu cronograma, regras e metas.

A ação vai envolver vários servidores da autarquia e não tem data prevista para encerrar. A ideia é esclarecer, identificar e propor negociação aos consumidores inadimplentes ou que tenham promovido ligações clandestinas.

O consumidor será informado de seu débito ou irregularidade e como poderá legalizar sua pendência através de atendimento no Posto do SAAE, em frente à Matriz, cuja equipe está devidamente treinada para solucionar todos os problemas relacionados.

A ideia é reduzir o déficit financeiro da autarquia, a evasão de água por conta de ligações clandestinas e investir os recursos arrecadados na ampliação do sistema de abastecimento de água, que na sede chega a 100% e na zona rural a 89,5%.

A ação do SAAE será comunicada ao Ministério Público e à Polícia Militar, uma vez que os servidores já enfrentaram situações de risco de vida em algumas localidades. Quanto ao MP é para informar que o SAAE não está fazendo renúncia de receita nem sendo ineficaz na cobrança de mais de 12% de contas consideradas ilegais, uma estimativa feita pela administração, cuja zona rural ultrapassa a mais de 50%.

A participação das Associações de Moradores nesse trabalho do SAAE será importante no esclarecimento da ação de legalização de débitos dos consumidores.

Cabe aos dirigentes dessas associações comunicar aos associados que a ligação clandestina é ilegal, que a falta de pagamento é danoso para o trabalho de ajuste das contas do SAAE e que a regularização vai facilitar a melhoria progressiva dos serviços de água e esgotamento sanitário, metas prioritárias, assim como esclarecer que a ligação clandestina é crime e está tipificada no Código Penal, de acordo com Artigo 155, Cáput 3º.

Vanderley Soares
Assessor de Comunicação Social

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here