Se continuar mentindo sobre sistema eleitoral brasileiro, Bolsonaro pode ficar inelegível

Bolsonaro espalhou mentiras sobre o voto eletrônico

Membros de tribunais superiores querem pôr um ponto final nas mentiras de Bolsonaro sobre o voto eletrônico.

Magistrados afirmam que chegou a hora de pôr um ponto final no comportamento de Bolsonaro, que espalha notícias falsas sobre o sistema eleitoral. Caso ele continue mentindo a esse respeito, poderá enfrentar problemas mais sérios na Justiça e até ficar inelegível em 2022.

O TSE ( Tribunal Superior Eleitoral) abriu procedimento para obrigar autoridades a apresentar provas sempre que relatarem problemas no processo de votação.

O corregedor do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luís Felipe Salomão, deu 15 dias para que Jair Bolsonaro apresente as provas que diz ter sobre uma suposta fraude no sistema eletrônico de votações de 2018.

Essa iniciativa conta com amplo apoio de ministros da corte eleitoral e do STF (Supremo Tribunal Federal), informa a jornalista Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here