Secretário de Saúde faz apresentação na CMA

Atendendo ao requerimento nº 009/17 do vereador Luciano Sergio, com o aval de todos os outros edis, a Câmara recebeu ontem (28) o titular da pasta da saúde para prestar informações sobre a situação encontrada no inicio da gestão, as soluções para os problemas herdados do governo passado e as propostas da nova administração.

Ainda que o Presidente da Casa tenha transferido a apresentação do SECIN para a próxima quinta-feira (30), o tempo foi curto para a discussão de todas as questões levantadas.

Rodrigo Matos fez uma apresentação bem didática, mostrando que o orçamento para a saúde foi menor do que o do ano passado, agravado pelas pendências de pagamentos deixadas pelo governo anterior e que tiveram que ser liquidadas com o dinheiro que deveria ser gasto em 2017. Afora isso, demonstrou que está com o firme propósito de fazer uma gestão transparente e austera, enquanto espera transferência de recursos de outras áreas do governo para implementar os projetos que visam melhorar o atendimento na área da saúde.

As perguntas foram muitas – só Luciano Sérgio fez 18 – e todas foram respondidas satisfatoriamente, em nossa avaliação e na dos vereadores. Em relação às UPAs, o  Secretario informou que terão um acréscimo no custo da obra da ordem de R$300.000,00, pelo fato do governo passado não ter cumprido o cronograma da construção e que custarão R$ 600.000,00/mês para funcionar. A saída para enfrentar esse custo tão elevado, ele espera que venha da regionalização da saúde.

A explanação foi tão boa que, ao final, Luciano Sérgio propôs que todos os vereadores oferecessem R$ 20.000,00 dos R$ 140.000,00 em emendas destinadas a cada um, para a compra de um ônibus que atenda às áreas descobertas. Diante da concordância geral, Rodrigo brincou dizendo que, se conseguisse algo assim cada vez que fosse à Câmara, gostaria de ser convidado muito mais vezes.

Todos os vereadores têm sido unânimes em elogiar a iniciativa de Luciano Sergio ao propor o convite aos secretários e diretores de autarquias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here