Secretário de Segurança apresenta balanço da festa nesta Quarta-Feira de Cinzas

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP) apresentou nesta quarta-feira (1º) o balanço do Carnaval 2017. Na ocasião, o responsável pela pasta, Maurício Barbosa, disse à imprensa que “nós nunca tivemos um carnaval tão seguro quanto esse”. A coletiva aconteceu no início da tarde, na sede do Comando Geral da Polícia Militar, em Salvador.

Barbosa minimizou os dois homicídios que aconteceram no circuito Barra-Ondina e disse que as duas mortes tiveram os autores identificados e apresentados à Justiça Militar (policial) e ao Ministério Público (adolescente). Em um dos casos, o autor alegou legítima defesa durante um assalto. Ainda conforme a SSP, o adolescente, envolvido na morte de um folião durante passagem da banda La Fúria, confirmou se tratar de rivalidade entre facções do tráfico de drogas.

Na apresentação, o chefe do órgão de segurança destacou que, durante o período do carnaval, mais de um milhão de pessoas foram revistadas e 1053 objetos recolhidos nos 46 Portais de  Abordagens nos três circuitos da festa. A operação envolveu a participação de mais de 25 mil policiais – entre militares, civis, técnicos e bombeiros.

Ainda conforme a pasta, houve redução do número total de pessoas feridas, de 44%,em comparação ao ano passado. Enquanto em 2016, foram registrados 176 casos, ocorreram apenas 99 neste ano. Os dados, correspondentes ao período entre quinta (23) e terça-feira (28), são atestados pela diminuição do número de atendimentos realizados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

No recorte “crimes contra a vida”, as tentativas de homicídios também sofreram redução, de acordo com a pasta,  sendo registrados três casos a menos que 2016, o que representa uma diminuição de 60%. Neste ano, não foram contabilizadas lesões corporais seguidas de morte.  O número de furtos foi 65% menor e o de roubos obteve uma redução de 47% do ano passado para cá.  A mesma tendência não foi registrada no circuito Dodô (Barra/Ondina), levando o acumulado de todos os dias nos circuitos apresentar um aumento de 6,4% no número de crimes contra o patrimônio.

 

SECOM
FOTO Amanda Oliveira GOV/Ba

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here