Tratamento dispensado a Mourão por Bolsonaro gera mal-estar nas Forças Armadas

Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão. Foto: EVARISTO SA / AFP

A maneira como Bolsonaro se refere publicamente e nos bastidores a Mourão é descrita por militares de alta patente como “no mínimo, descortês”.

“Nada tem causado mais mal-estar entre Bolsonaro e as Forças Armadas do que a forma como o presidente tem tratado seu vice, Hamilton Mourão. A maneira como Bolsonaro se refere publicamente e nos bastidores a Mourão é descrita por militares de alta patente como ‘no mínimo, descortês’ ”, escreve a jornalista Bela Megale no Globo .

Os ataques de Bolsonaro ao general desgastam a imagem do ocupante do Palácio do Planalto entre militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

“Integrantes das Forças Armadas afirmam que Bolsonaro, que é capitão reformado do Exército, tem o respeito dos demais por ser o chefe, o presidente da República. Destacam, porém, que a referência dentro das Forças é o general de quatro estrelas, a patente máxima do Exército, ou seja, Hamilton Mourão”, acrescenta a jornalista.

A crise permanente entre os dois atingiu o ápice nas últimas semanas, após Bolsonaro se sentir traído por descobrir pela imprensa que Mourão havia se encontrado às escondidas com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, um dos seus principais desafetos e contra quem ele promete apresentar um pedido de impeachment no Senado.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here