Valor do abono PIS/Pasep subiu para R$ 1.045

Desde o dia 1º de fevereiro, o valor do PIS/Pasep aumentou. Isso aconteceu devido ao fato de que o valor do salário mínimo foi elevado para R$ 1.045, alterando também o pagamento do abono do PIS/Pasep. O programa teve o mesmo índice de correção do mínimo, de 4,48%.

Quem tem direito – O trabalhador terá direito sob o valor do salário mínimo vigente na data do pagamento, ou seja, quem nasceu em março, abril, maio e junho terá direito aos pagamentos de até R$ 1.045. Afinal, os lotes dos aniversariantes dos meses citados serão liberados em 13 de fevereiro e 19 de março, período em que o novo salário (R$ 1.045) já estará em vigor.

Todo trabalhador inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias ao longo de 2018 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos tem direito ao benefício.

O único lote ainda não liberado para retirada do abono salarial envolve os nascidos entre maio e junho (no caso do PIS) ou inscritos no Pasep com dígito final 8 e 9, que recebem a partir de 19 de março.

Mas o prazo final para retirar as quantias, independentemente do mês de nascimento ou do dígito, vai até 30 de junho, mesmo para aqueles que já poderiam ter retirado o valor, mas ainda não efetuaram o saque.

Enquanto o pagamento do PIS é feito pela Caixa Econômica Federal (CEF) aos trabalhados da iniciativa privada e leva em conta o mês de nascimento do trabalhador, o Pasep é destinado aos servidores públicos e o repasse é feito pelo Banco do Brasil. Nesse caso, a liberação dos recursos segue conforme o último dígito de inscrição.

Fonte: Recôncavo News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here