Valorização da cultura e dos festejos tradicionais: Boa União comemora São Roque com misto de celebração religiosa e atrações musicais no período da noite

Foi misturando fé, religiosidade, celebração, animação e cantoria que a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo (SECET), garantiu um domingo inteiro de programações festivas no distrito de Boa União.

Neste 19 de agosto, a comemoração do dia de São Roque – celebrado originalmente pela Igreja Católicas no dia 16 – começou pela manhã, com uma missa às 10h na igreja nova de Boa União em homenagem ao santo protetor das doenças e enfermidades.

Mas a menção ao santo, segundo os fiéis, começou antes: desde a última segunda-feira (13), as missas haviam sendo celebradas com atenção especial à história do homem que, nascido em família rica, no século XIII, teria distribuído a herança entre os pobres e vivido como peregrino, levando conforto espiritual para os enfermos.

“O tema foi São Roque e cada comunidade veio dar a sua contribuição, desde segunda-feira, com a celebração que começava às 19h30. A gente sai de lá e vem participar aqui. Todo ano a gente vem e toda noite é dedicada a uma comunidade. Camboatá foi quem abriu o festejo. É tradição, entre nós, católicos. E lembrar que São Roque é o protetor das doenças incuráveis. A gente tem muita devoção por São Roque. No primeiro dia, foi o padre Wilson, e foi uma catequese sobre São Roque. Ele era rico, mas abandonou tudo e dedicou a vida dele à causa dos menos favorecidos. Ele morreu na prisão e a gente tem muita dedicação por ele. Pena que está querendo acabar, mas a gente vai resistir e vai continuar, porque essas festas não podem acabar. A gente agradece à ajuda dos poderes, à Secretaria de Cultura pelo apoio”, comentou Joselma Dias da Paixão, moradora de Camboatá.

Para Elder Santos Ferreira Trindade, que também participou da missa, manter a data festiva da celebração é importante. “Aproximar as pessoas de Deus ajuda a socializar com as famílias, sem contar que a história de São Roque é muito interessante. Ele ficou doente, o cachorro ia levar pão todos os dias pra ele, então é uma história interessante para escutar e perceber o valor de cada pessoa”, pontuou.

Segundo ele, entretanto, a festa não-religiosa, na parte da noite, quando os músicos sobem ao palco, também é muito esperada pela comunidade. “A gente vem sempre. É a festa de fevereiro e depois a de agosto. Estamos sempre presentes, fazendo missões, interagindo com a galera. Depois da festa normal, religiosa, tem a festa profana que é maravilhosa. E este ano está super bom, com Unha Pintada aqui. Graças a Deus. Estou gostando muito. Que esteja sempre evoluindo a nossa comunidade e as festas”, ressaltou.

Este ano, a programação cristã, com celebração da missa, pela manhã, foi seguida de um leilão de mercadorias. No final da tarde, o momento religioso deu lugar a atrações musicais: ao lado da igreja, no palco montado na praça, as bandas Cerveja Envolvente, Jorginho dos Teclados, Chica Banana e Unha Pintada fizeram a alegria da comunidade.

De acordo com o prefeito Joaquim Neto, é uma celebração que mantém viva a tradição dos distritos e a história da região. “Precisamos valorizar a cultura local e uma das formas de fazer isso é justamente dando apoio às festas realizadas tradicionalmente, como esta, de Boa União. E aqui foi uma festa que a própria população escolheu. Vim desde cedo, acompanhei o pessoal da celebração, depois participei do leilão da comunidade, visitei antigos amigos daqui, escutei as principais demandas do distrito e estamos trabalhando para garantir qualidade em assistência médica, infraestrutura e desenvolvimento à população. Eu fico feliz em estar atendendo ao pedido de Boa União e de trazer as bandas que vieram de sugestões dos próprios moradores. É ouvindo a comunidade que a gente consegue transformar as coisas. Temos trazido muitos avanços para Boa União e é por estas melhorias que eu vou continuar trabalhando”, garantiu.

O 4º Batalhão da Polícia Militar de Alagoinhas informou que, no período da noite a festa de Boa União reuniu, este ano, cerca de 3 mil pessoas na praça do distrito.

Imagens: SECOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here