Wassef, uma bomba-relógio prestes a explodir ou um blefe?

Advogado diz que guarda ‘a sete chaves’ provas ‘que ninguém imagina’ de sua relação com Bolsonaro.

Amigo próximo do clã Bolsonaro, o advogado Frederick Wassef afirmou que pretende “explodir todo mundo em rede nacional ao vivo” com revelações sobre a morte do miliciano Adriano da Nóbrega. A informação é do colunista Lauro Jardim, do O Globo.

Ex-advogado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Wassef é dono do imóvel em Atibaia (SP) onde Fabrício Queiroz foi preso no dia 18 de junho.

“Vou explodir todo mundo em rede nacional ao vivo. Poderosos políticos do Rio mandaram assassinar o Adriano. Tenho provas”, disse.

Wassef afirmou ainda que essas mesmas pessoas que mandaram matar Adriano iriam executar Queiroz.

Morte de Adriano – Ex-capitão do Bope, miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, conhecido como ‘Capitão Adriano’, foi morte em fevereiro durante troca de tiros com policiais da Bahia no sítio de um político do PSL, ex-partido de Bolsonaro.

Adriano era líder do grupo de matadores chamado de Escritório do Crime — investigado por suspeita de envolvimento nas mortes de Marielle Franco e Anderson Gomes.

Wassef é advogado de Bolsonaro – O advogado informou que ainda trabalha com Bolsonaro. “Tenho seis procurações assinadas, tudo o que fiz foi autorizado por ele. Sou advogado do presidente, sim”, afirmou.

Wassef revela também, através de diálogos com interlocutores, que falou com Bolsonaro no dia da prisão de Queiroz.

“Não preciso mandar recado. Se eu quiser, ligo agora no celular e ele me atende”, afirmou o advogado, para mostrar que sua proximidade com Bolsonaro.

 

Fonte: Site Catraca Livre

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here