Xico Sá ironiza: ficção de Moro inspirou história real de Queiroz

Jornalista comenta o fato de Fabrício Queiroz, tesoureiro do clã Bolsonaro, ter sido escondido por Frederick Wassef em Atibaia (SP) e Guarujá (SP)

“O cara passa pelo Guarujá, vai pra Atibaia… O núcleo de ficção da Lava Jato do Moro pelo menos inspirou uma história real”, postou o jornalista Xico Sá em seu twitter. Saiba mais sobre o caso na reportagem da Fórum:

Não foi apenas em chácara de Atibaia que o advogado Frederick Wassef, ex-representante do senador Flávio Bolsonaro na investigação das rachadinhas, abrigou o policial aposentado Fabrício Queiroz. O ex-assessor de Flávio e Jair Bolsonaro também ficou hospedado em apartamento no Guarujá.

Reportagem de Rodrigo Hidalgo, do Jornal da Band, aponta que Queiroz “ficou escondido em apartamento de Wassef” cerca de cinco meses entre o fim de 2018 e o início de 2019, período em que o Ministério Público tentava ouvi-lo. Foi nesse período que o esquema das rachadinhas ganhou as atenções.

Vizinhos ouvidos pelo telejornal afirmam que Queiroz não saía muito de casa e apenas descia para receber comida que pedia por aplicativo. Ele andava de boné e óculos escuros para não ser reconhecido.

O apartamento que ele ficou, de 200m² e localizado na Praia de Pitangueiras, era de propriedade da família de Wassef. O zelador do prédio confirmou que Wassef morava no local.

Fonte 247 Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here